logo

Last news

É claro que, algumas garotas parecem que nascem para ser sexy, enquanto outras tem que aprender o que fazer.Sensualidade tem mais a ver com a maneira como você se comporta e suas atitudes do que a sua aparência física.O capítulo 10 de I Coríntios é marcado pelos ensinos do apóstolo..
Read more
ah gata não se apaixona nem se desiludi (sic) como assim?Não mais, por que?Quero te parabenizar pelo seu programa, acompanho todos os dias.Ou porque foram traídos, ou porque tiveram uma vida conjugal infernal, ou porque ainda nutrem sentimentos pela ex, ou porque não estão preparados para voltar a partilhar a..
Read more
Leia mais Hits:10411 tenho 61 anos, pela clara, sou empresario, divertido, adoro sair, passear, viajar, passear de mao dadas, parques musica cinema, natureza enfim de todas as coisas boas.Leia mais Hits:4790 Empresario e modelo sou de brasilia, aguas claras, Procuro uma mulher que seja bonita, atraente, tenha até 30 anos..
Read more

Procuro um amante mulher




procuro um amante mulher

Ela admitiu ter feito os panfletos contra a amante.
A polícia agora tem que um lugar de encontro libertino, poitou charente criar um setor para atender essa 'fuleragem' de pessoas irresponsáveis.
De traída passou a ser a acusada completou o delegado José Aparecido Jacovó.Na briga entre as duas mulheres, a polícia de Apucarana intimou a mulher traída para prestar depoimento.E esposa traída admitiu que fez os panfletos contra a amante.Ai chega no outro dia aqui e quer que a polícia tire da rede social, prenda o cara, o que é praticamente impossível afirmou o delegado.Ela ainda não se deu por satisfeita.UOL, o delegado José Aparecido Jacovó, chefe da da 17 Subdivisão Policial (SDP informou que ela poderá responder criminalmente por injúria e difamação e ainda ter que pagar uma indenização na esfera cívil.Traída, ela chegou a contratar um carro para distribuir os panfletos pela cidade, em frente ao trabalho e da faculdade onde a jovem cursa Direito.Tem gente que conhece o outro em um dia e no outro já manda nudes.O caso foi parar na polícia e viralizou na web."Exatamente ontem (terça-feira) tinha mais três casos com redes sociais.Criou um perfil falso no Facebook, para que a história se espalhasse, e viralizasse mais ainda.
Ao pegar as conversas do companheiro e a amante, ela resolveu divulgá-las, em panfletos na cidade de Apucarana, Paraná.Segundo informações da polícia, a vítima teve que parar de frequentar as aulas, dada a repercussão do caso.O delegado José Aparecido Jacovó, disse que o juiz deve determinar uma pena um pouco menor, como por exemplo, pagamentos de cestas básicas ou até prestações de serviços comunitários.Foi feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO, registro de uma infração de menor potencial ofensivo) e encaminhado para o Juizado Especial Criminal.Uma mulher traída da cidade de Apucarana, no Paraná, decidiu se vingar da amante do marido de maneira pouco usual.


[L_RANDNUM-10-999]
Sitemap